Por Marcos André Araújo

Foto: Daniel Smorigo

A cada ano, o surf apresenta novos talentos que irão despontar no surf competitivo. Com a criação da categoria Petit, que coloca na água surfistas com até 10 anos de idade, a oportunidade de visualizar esses talentos chega mais cedo. É o que está acontecendo com Wesley Santos. Começando a deslizar sobre as ondas quando ainda tinha 6 anos de idade, o local de Peruíbe, Litoral Sul de São Paulo, já é uma das atrações por onde passa.

A sua alegria e descontração contagiam a todos quando ele está fora das ondas. Mas, dentro do mar a história é outra. Apresentando um surf polido, com uma linha forte e um estilo bonito, Wesley, de 10 anos (2005), tem mostrado um apetite saudável de quem está em fase de crescimento. Desde 2004, só em sua categoria, ele já competiu em 16 campeonatos e foi parar no pódio 15 vezes. Como campeão, ele levantou o caneco por nove vezes.

Com uma carreira em ascensão, o garoto sorriso, como é chamado por Paulo Issa, locutor da Federação Paulista de Surf, foi reconhecido pela Prefeitura de Peruíbe como um dos responsáveis em levar o nome da cidade no lugar mais alto do pódio em todo o país.

Quem também enxergou um futuro brilhante em Wesley foi Danilo Nunes, Proprietário da BHS, fábrica de acessórios para surf. Nunes apostou no pequeno garoto quando ele ainda não estava nas competições. “Faço um trabalho com ele há quatro anos. Na época, apesar da pouca idade, o que me chamou a atenção foi a força de vontade, o seu carisma e o talento nato que ele possui”, explica o empresário. Ao lado da BHS, Wesley conta com o patrocínio da marca brasileira Maresia Boardtech e apoio da empresa de eventos, Event Tools.

Facebook Comments

Share This