Por Magali DaSilva

Nesse artigo minha intenção vai ser passar algumas dicas de viagem importantes que podem ajudar a prevenir dores de cabeça desnecessárias, além de informações auxiliares de bastante utilidade para quem viaja particularmente para ou dentro do Brasil.

Se você começar sua viagem saindo de um aeroporto nos Estados Unidos, se prepare para tirar os seus sapatos, cinto, casaco, e outros possíveis itens ao se aproximar da área de controle de segurança. Se você estiver levando um notebook, preste atenção! Computadores são uns dos itens mais esquecidos nas áreas de controle de segurança. Você pode ter a oportunidade de trocar seu assento para a fileira de saída de emergência (mais espaço para você esticar as pernas), devido a esses assentos geralmente serem somente reservados no balcão de check-in no aeroporto.

Se você está planejando viajar com a família, considere alugar um apartamento para economizar dinheiro e assim aproveitar mais sua viagem. E, muito importante, tente concentrar a viagem (para turismo) em uma determinada região de cada vez. Muitas vezes queremos conhecer o máximo de coisas e lugares possíveis e, na maioria das vezes, terminamos por não aproveitar na sua totalidade o que uma determinada área, lugar ou região nos oferece de melhor e mais prazeroso.

Preste atenção nas ofertas de passagens aéreas oferecidas por companhias na internet. Na maioria das vezes, não é possível um contato mais direto e próximo do agente/cliente ou consultas e importantes informações adicionais. É bom salientar que é muito importante, em todos os setores da vida, agir com bom senso e sabedoria. Tente colocar na balança não só os preços, mas também outros fatores como o atendimento recebido, a confiança, a seriedade, o profissionalismo, a ética e, principalmente, uma ajuda necessária diante de situações inesperadas durante sua viagem.

Se o seu destino é o Brasil

Como em qualquer uma das grandes cidades do mundo, esteja alerta! Turistas ou viajantes distraídos podem ser alvos para ladrões e criminosos. Vista-se modestamente e confortavelmente. Não dê chance aos criminosos e, em aeroportos, pegue um táxi num quiosque registrado, em hotéis através do concierge, e em cidades que você é bem familiarizado, pegue táxi somente em lugares públicos como shopping centers.

 

Melhores escolhas no Brasil: clima e tempo

No Brasil, o clima varia de acordo com a latitude e a altitude. As estações são exatamente opostas às estações nos Estados Unidos e na Europa (exceto nas regiões nortes do país). A temperatura média atual é de 32ºC no Norte e 25ºC no Sul. A seguir apresentaremos algumas cidades e regiões recomendadas para visita e dicas sobre o tempo e o clima nas respectivas diferentes áreas.


Amazonas –
Chove todo dia ou chove o dia todo. A chuva mais pesada cai de dezembro a maio. Para os amantes do verde e da aventura. Uma boa para “gente” ecológica!

Pantanal – Ótimo para os que gostam do diferente! Tente de maio a setembro. Para o turista que gosta de pescar, imperdível. Vá de junho a outubro e divirta-se.

Região Barroca e Cidades Históricas de Minas Gerais – Para aqueles que gostam de história, tranquilidade, montanhas, rios e uma excelente comida caseira! Visite em qualquer parte do ano.

Cataratas do Iguaçu, Paraná – As cachoeiras do parque nacional são de pura beleza. As águas caem mais rápido e com mais volume durante o verão brasileiro, entre janeiro e março.

Terras Gaúchas – Para os amantes de atividades ao ar livre, de dezembro a fevereiro é bem melhor. Para visitar as regiões vinícolas, como Caxias do Sul, vá entre fevereiro e março (durante a época da colheita); já se for para o Parque Nacional de Cambará do Sul vá entre maio e agosto; e para aproveitar a neve e dar uma esquiada na cidade de Garibaldi, vá durante o inverno, entre junho e agosto.

Lençóis Maranhenses – Dunas e lagos. Deslumbrante, único! Vá entre junho e outubro quando os lagos estão cheios.

Santa Catarina – Vá entre maio e novembro e aproveite para ver a migração das baleias no sul do estado. De maio a agosto, a temperatura é por volta de 18ºC e de setembro a novembro é por volta de 30ºC. Na capital Florianópolis, o clima é o mesmo. Não esqueça que se você tiver oportunidade de estar nessa cidade/ilha, poderá desfrutar de ótimas atividades ao ar livre e bons momentos na onda “surf”. “Floripa”, como dizem os locais, é uma das duas cidades brasileiras anfitriãs do Surf WQS – World Qualified Series.

Rio – Santos, uma Maravilhosa Estrada Costeira – Pegue um carro e siga essa estrada. Imperdível! Vários pontos interessantes e visuais deslumbrantes. Não deixe de parar em Angra dos Reis, de ir à Ilha Grande, e de visitar a cidade histórica de Paraty. Se você não gosta de praias lotadas, evite o período das festas e os fins de semana prolongados. Para o melhor surfe vá entre junho e agosto, já para mergulhar, de dezembro a fevereiro.

Salvador e Recife – São quentes quase o ano inteiro. Chove um pouco na curta estação de inverno entre junho e agosto. Essas duas cidades tem os carnavais mais efervescentes e participativos do país. Experimente ir entre janeiro e março para aproveitar o clima quente e de muito sol (não esqueça do protetor solar), gente bonita do mundo inteiro e, claro, a vibração do axé e do frevo! Para aqueles que preferem não ir durante o carnaval, nós recomendamos ir entre setembro e novembro, quando não é tão quente e as duas cidades não estão cheias de turistas. No caso de Recife, é imperdível uma esticada até Porto de Galinhas a 60km ao Sul.

Itacaré, na Bahia – Vá a qualquer hora, mas se possível, tente entre setembro e abril. Atualmente, essa original vila de pescadores é o melhor lugar para se aproveitar uma combinação entre esportes radicais, hotéis da mais alta qualidade, celebridades brasileiras, muitas praias bonitas, e até um pouco de vida noturna.

São Paulo – Visite entre março e novembro. É a maior cidade da América do Sul e o coração do Brasil, onde a economia brasileira está centralizada. Uma cidade de se fazer negócios. Mas, além de oferecer uma das melhores opções noturnas do mundo, é o maior cenário de opções históricas da América Latina. Muita gente gosta dessa cidade por sua diversidade, pela energia produtiva e criativa que emana de cada esquina, por sua capacidade de se reinventar sempre. E, acima de tudo, porque é possível ser anônimo na multidão – garantia de privacidade e, acima de tudo, de liberdade. A cidade tem novidade todo dia. Gente nova, lugares novos e projetos inéditos.

Os Berços do Brasil – onde se encontram os vestígios de nossa pré-história:

    1. Chapada dos Guimarães (MT), onde nos seus 3300 hectares de parque nacional há mais de quarenta sítios arqueológicos, com registros da passagem do homem pré-histórico. Tel (65)301-1133 ou chapadadosguimaraes.com.br
    1. Lagoa Santa (MG), terra do crânio de Luzia, o mais antigo do continente. Pode-se visitar uma gruta de 40 metros de profundidade e um museu de arqueologia. Tel (31)3681-1958 ou lagoasanta.com.br
    1. Monte Alegre (PA), é um parque estadual de entrada gratuita. Na caverna da Pedra Pintada, pode-se observar as pinturas rupestres mais antigas da Amazônia. Tel (93)533-1147 ou paratur.pa.gov.br
  1. Serra da Capivara (PI), o sítio arqueológico desse parque nacional tem milhares de pinturas rupestres em rochas (89)582-1612 ou iphan.gov.br/bens/Mundial  


    *Para passagens aéreas dos Estados Unidos para o Brasil ou para a América Latina, bem como pacotes de viagem personalizados e estadias alternativas, entre em contato com nossa agente de viagens Magali da Silva (323) 428-1963  – email: magalitravel_at_hotmail.com

Facebook Comments

Share This