IMG-20160520-WA0021A Conferência Brasileiros no Mundo, que começou na terça-feira (17),  na Praia do Forte, em Salvador, Bahia, encerrou suas reuniões na sexta-feira (20). O encontro teve como objetivo dar continuidade ao planejamento e implementação de políticas públicas voltadas para as comunidades brasileiras emigradas. Entre os temas discutidos este ano estiveram: associativismo, saúde, educação, cultura, assistência social, previdência social, trabalho, serviços consulares e violência de gênero, bem como os resultados da I Conferência Sobre Questões de Gênero na Imigração Brasileira, que foi realizada em Brasília, em Junho de 2015.

A advogada Gisele Ambrosio

A advogada Gisele Ambrosio

No primeiro dia da Conferência,  a representante do Sul da Califórnia,  a advogada de imigração Gisele Ambrosio, falou sobre algumas das reivindicações importantes para as comunidades imigrantes da região. Entre alguns temas do primeiro dia de evento estavam a Previdência Social, a Assistência Social e discussões sobre as questões do Gênero e da Sexualidade, e Saúde. Alguns dos órgãos convidados foram: Ministério da Fazenda e Previdência Social, INSS e Secretaria Nacional de Assistência Social.

Para o segundo dia do evento (18), os temas abordados foram: Trabalho, Remessas, Investimentos, Empreendedorismo e Retorno. Dada a importância das discussões, alguns órgãos ligados ao tema foram convidados a participar da mesa de discussões, como: Ministério Do Trabalho, Caixa Econômica Federal, SEBRAE, Previdência e Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Na quinta-feira (19), terceiro dia de evento, foram abordados temas Consulares e Jurídicos, seguidos por uma mesa de Cultura e Esporte e por último, uma mesa sobre Educação. Na ocasião, a conferência contou com a presença do IBRAM, Jean Bade (Senac), Jorge Tavares (MRE-DPLP), George Torquato Firmeza (Diplomata-Dept Cultural), o Embaixador Carlos Magalhães, os Representantes de das Comunidades Brasileiras de Berlim e de Mendonça (Argentina),  o SEBRAE e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais-(INEP).

IMG-20160520-WA0017No último dia da Conferência, sexta-feira (20), houve a apresentação da Mesa 6 que abordou o tema Associativismo. Nessa ocasião, a representante do Conselho de Cidadãos do Sul da Califórnia falou sobre alguns projetos já em andamento nesta região dos EUA, como é o caso do grupo de mulheres, dos encontros do Desafio, do CERT (Organização de Suporte e Prevenção contra Terremoto) associada ao Departamento de Bombeiros de Los Angeles – e que tem um membro desse Conselho como voluntário certificado -, e do  mapeamento dos brasileiros emigrados através de censo, entre outros temas. Dessa vez não houve representantes de instituições governamentais como nos três dias anteriores, porém a mesa 6 teve a participação de diplomatas como o Embaixador Carlos Simas e a Ministra Luiza Lopes, e os líderes  comunitários de diversas cidades fora do Brasil e do CRBE.

O encerramento da V Conferência Brasileiros no Mundo rendeu discussões importantes que deverão dar bons frutos nos próximos meses.  Los Angeles, por meio do Conselho de Cidadãos do Sul da Califórnia, e de sua representante no evento, a advogada Gisele Ambrosio, ficou com a parceria com a Secretaria Nacional de Assistência Social (ajudará a Secretaria a convencer o governo a dar benefícios que no momento só estão disponíveis para quem vive no Brasil), com a Coordenadoria de Assuntos Jurídicos em geral, junto com o Japão (um grupo de 10 advogados voluntários), e por fim, fará parte do grupo que ficará responsável por ajudar sobre o tema Gênero, Violência, Sexualidade e Saúde.

Para conhecer a história da Conferência, bem como a importância do evento para a comunidade, clique aqui.

Para conhecer mais sobre o Conselho de Cidadãos do Sul da Califórnia, visite o site do Conselho: www.conselhodecidadaos.org ou a  página do Conselho no Facebook https://www.facebook.com/conselhodecidadaosdosuldacalifornia/

Facebook Comments

Share This