Da Redação

Muitas pessoas pensam que somente as gigantes empresas de reciclagem ganham dinheiro. Ao contrário, mesmo alguém que esteja começando sua pequena contribuição de salvar o planeta e pensando em juntar o útil ao agradável, pode faturar com isso. A coleta seletiva e a reciclagem de lixo fazem parte de uma indústria bilionária e emprega milhares de trabalhadores em vários países ao redor do mundo. No caso específico dos Estados Unidos, aonde estamos localizados, é interessante mencionar que, apesar de há anos ser uma prática comum, poucas pessoas têm conhecimento da oportunidade como negócio.

Sim, claro, alguns devem estar pensando no manuseio de itens dentro das latas de lixo dos vizinhos e que para muitos pode ser motivo de aversão. De início podemos dizer que não é bem por aí e explicamos mais adiante. É importante lembrar que algumas pessoas preferem começar um pequeno negócio – nem que seja por tempo parcial, e aspirar dias de prosperidade do que ter que encarar o tradicional nove as cinco de todos os dias. Esse tipo de negócio apresenta fonte ilimitada de materiais recicláveis, investimento inicial de baixo custo e margem de lucro elevada.

Neste tipo de empreendimento, a principal preocupação inicial seria a logística ou transporte e armazenamento. Ter uma caminhonete, e de preferência fechada, sem sombra de dúvida, já é uma vantagem. Recipientes de reciclagem e a alocação de algum espaço como uma grande varanda de um apartamento e a garagem ou quintal de uma casa serão importantes.

Decida que tipo de material reciclável será seu alvo. Aparelhos de celulares ou computadores usados, baterias ou radiadores de automóveis, material que contenha cobre, caixas de papelão, latas de alumínio ou plástico? Isto ajudará você a calcular o número de recipientes para reciclagem e/ou a quantidade de espaço necessária ao manuseio e armazenamento. Por exemplo, telefones celulares usados e latas de alumínio ocupam menos espaço e podem inclusive ser guardados em caixas de papelão.

O próximo passo seria entrar em contato com depósitos de reciclagem ou instalações de recuperação, onde os materiais coletados poderão ser entregues e outras providências poderão ser tomadas, se necessário. Distância é um fator importante – quanto mais perto, menores serão os custos de gasolina ou transporte. Um último passo seria identificar seus pontos de coleta, que são os lugares ou estabelecimentos localizados em diferentes locais dentro de uma determinada área. Produza ou estabeleça uma rota onde você pode adquirir esses itens recicláveis.

Cultive contatos, faça novos amigos, construa uma relação. Isto é muito importante para qualquer negócio. Seus contatos e amigos dentro da comunidade são as pessoas que irão ajudá-lo a identificar lugares estratégicos. Estes são os passos básicos de como começar um simples negócio de reciclagem e inicialmente sem burocracia. Lembre-se de que a prática da reciclagem além de poder dar lucros, podem ajudar a proteger o meio ambiente e consequentemente, as futuras gerações que irão viver nesse planeta, incluindo nossos filhos e netos. No mínimo, isso é uma ação muito gratificante.

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.