tite_corinthians-47536-50942d38720d0

O ex-treinador do Corinthians, Tite, já é oficialmente o novo treinador da seleção brasileira. Dunga foi demitido na tarde da terça-feira, dia 14 de junho, depois de uma reunião na sede da CBF com o presidente Marco Polo Del Nero, e depois do fracasso na Copa América. A decisão foi reforçada pelo fato da “canarinha” ocupar apenas a sexta posição nas eliminatórias sul-americanas, com 9 pontos, fora da zona de classificação.

Aos 55 anos, Adenor Leonardo Bacchi ou, como é mais conhecido, Tite,  terá pela frente o desafio de fazer a equipe voltar a vencer e de recuperar a imagem do então “escrete de ouro” a nível mundial.  O ex-treinador do Corinthians assume o cargo após dois dos piores anos da seleção brasileira, desde o 7 x 1 para a Alemanha na final da Copa do Mundo de 2014. De lá para cá, foram duas eliminações precoces em duas edições da Copa América, muitos tropeços e apenas o sexto lugar nas eliminatórias para a Copa de 2018 até o momento (Junho, 2016).

Tite começou seu trabalho oficialmente na segunda-feira, 20 de junho, quando fez uma visita ao museu da entidade, e falou sobre o trabalho que terá com a equipe na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. “Acredito que minha experiência  e trajetória como treinador em alguns dos mais conceituados times do futebol brasileiro me fez chegar até aqui”, disse Tite. Quando questionado sobre o fato de ter assinado um manifesto contra o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, no ano passado, disse “adjetivos como transparência e modernização, fazem parte do meu dia a dia e que tento trazer para o futebol. O meu legado pode falar sobre isso”.

Facebook Comments

Share This