Por Lindenberg Junior

Muitas pessoas têm buscado novas maneiras de se tornarem mais produtivas e isso se deve, em parte, ao fato de hoje em dia nos depararmos com muitas distrações em nossa rotina. Estamos constantemente verificando nossos perfis de mídia social, navegando na web, verificando e-mails e enviando mensagens de texto para nossos amigos e familiares e, assim, fica fácil perder o foco no que deveríamos estar fazendo para produzirmos mais. Todo mundo tem a mesma quantidade de horas disponíveis diariamente, mas apenas algumas encontram uma maneira efetiva de usar esse tempo de forma proveitosa no que se refere a concretizar “o que precisa ser feito”. Você mesmo já deve ter colocado na sua agenda cinco coisas para fazer em um dia e não conseguiu terminar 3 delas, não é mesmo?

Infelizmente não existe nenhum truque simples que te torne mais produtivo. Ser produtivo é algo que você tem que aprender e aperfeiçoar com o tempo. Se o que você está fazendo atualmente não está funcionando para sua rotina, mude sua abordagem. Às vezes nem percebemos que estamos nos sabotando. As pessoas costumam culpar tudo e todos que estão ao seu redor por impedi-los de serem produtivos. No entanto, às vezes você tem que encarar a dura realidade de que, talvez, seja você mesmo o culpado.

Pare de dar Desculpas

Se você está constantemente procurando desculpas para não fazer as coisas, então você é culpado por seu estilo de vida improdutivo. Na maioria das vezes, as desculpas que você dá por não fazer algo nem são reais. Se você não encontrar uma maneira de lidar com a procrastinação, nunca se tornará produtivo. A procrastinação não é algo que simplesmente diminui com o tempo, é algo que você precisa enfrentar o mais rápido possível. Não importa se você se sente confortável fazendo algo agora ou não. De fato, é preciso sair da sua zona de conforto para alcançar seus objetivos.

Elimine os “Ladrões” de Tempo

Um próximo passo seria identificar esses ladrões de tempo e encontrar uma maneira de eliminá-los da sua rotina. Estamos nos referindo a atividades das quais você participa no dia a dia e que podem ser, por exemplo, ficar checando constantemente uma e outra mídia social ou assistir TV em horários nos quais você poderia estar concretizando algo importante. Ter o bom senso de saber eliminar essas atividades automaticamente te ajudará a melhorar seus níveis de produtividade. Isso não significa que você deve esquecer de assistir TV ou excluir suas contas de mídia social, mas simplesmente é mais interessante participar dessas atividades somente depois de ter cumprido tudo o que você se propõe a fazer a cada dia.

Administre o seu Tempo

Só porque você parou de desperdiçar seu precioso tempo com algumas bobagens não significa que você será capaz de lidar melhor com suas tarefas instantaneamente. É preciso aprender a gerenciar o seu tempo adequadamente, por exemplo, se você é uma pessoa que apresenta um bom desempenho sob pressão deixe menos tempo para as tarefas mais importantes. Embora possa parecer contraintuitivo, essa tática realmente ajuda a criar o hábito de completar qualquer coisa em um período de tempo mais curto.  Bom salientar também que você nunca poderá estar em seu pico máximo de energia durante todo o dia.  Geralmente os níveis máximos de energia estão entre 1 e 5 horas depois de você ter acordado de manhã. Saiba tirar vantagens dessas horas de pico máximo de energia.

Adote e Organize uma “Lista” de Coisas a Fazer

Por último lembramos o quão importante essa lista pode ser para você organizar a sua vida e a sua mente. Pense em quantas vezes por dia você está distraído tentando lembrar o que precisa fazer e/ou seguir. Esse tipo de pensamento disperso só faz você perder o foco das tarefas que tem em mãos para serem cumpridas e/ou concluídas, cria desorganização em sua mente e, consequentemente, diminui consideravelmente a produtividade.

Facebook Comments

Share This