Os scooters elétricos em breve podem ser proibidos de circular em Los Angeles.

Os scooters elétricos, que apareceram pelas ruas e calçadas da Califórnia a partir do fim do segundo semestre de 2017 e viraram febre em 2018, principalmente entre pessoas jovens, devem começar a ser proibidos em Los Angeles até que a cidade comece a emitir permissões para as empresas que os fornecem.

Em declaração à imprensa, o Councilman Paul Koretz disse, na terça-feira (31/07), que as autoridades municipais devem tomar “todas as medidas disponíveis para proibir os scooters elétricos em Los Angeles e instruir funcionários municipais do setor de transporte a emitir cartas de cessação para qualquer empresa que ofereça os patinetes para locação”, referindo-se, nesse caso, às empresas Lime e Bird.

Essas empresas cobram em média US$1 pelo aluguel por dia mais 15 centavos por minuto, e podem ser retirados e deixados em qualquer lugar ou ponto, em vez de serem devolvidos ao local de origem (como acontece quando você aluga um carro por exemplo). As empresas fazem uso da tecnologia e seus respectivos apps localizam facilmente onde está o scooter mais próximo para a pessoa que quer usá-lo.

Se o Conselho da Cidade  de Los Angeles aprovar a proibição, cada empresa poderá garantir o direito de operar em Los Angeles obtendo uma licença, porém, uma vez que os pedidos para a licença estejam abertos. A proibição será temporária até que as autoridades municipais debatam as regras e confirmem o que essas empresas precisam seguir/adotar para conseguir a licença de operar – e isso levará no mínimo alguns meses.

A cidade de Beverly Hills aprovou o mesmo tipo de proibição, só que temporária, por seis meses, na última semana de julho (2018). Autoridades locais disseram que as restrições temporárias eram necessárias enquanto são elaborados procedimentos  e regras a serem exigidos às empresas de scooters.

Em Santa Monica, desde o fim de Julho se pode ver placas advertindo sobre a proibição dos scooters elétricos.

No final de julho, a cidade de Santa Monica passou a colocar placas de advertência  proibindo os scooters eletricos em seus parques e pistas de bicicleta (como nos beach pathway).  O L.A Concilmanor Koretz disse ao L.A Times que viu centenas de pessoas circulando de scooters pelas ruas perto de sua casa em Beverly Grove, sem capacetes e/ou com outra pessoa a bordo. Ele disse que está mais preocupado com o risco de acidentes e a consequente onda de ações judiciais contra a cidade – que pode acontecer.

Por outro lado, os defensores dos transportes encorajaram as autoridades  a concluírem rapidamente o processo de licenciamento, dizendo que os patinetes motorizados não são apenas para diversão, mas também uma maneira importante e até mais barata de pessoas se deslocarem para compras e locais de trabalho.

Compreendemos que é importante que as autoridades tomem ações rápidas para colocar regras e banir os infratores, assim como acontece com motoristas de carro e motocicletas. Cansamos de constatar pessoas de diversas idades nesses scooters elétricos pelas ruas da cidade de forma inprudente, como se fosse uma motocicleta. O comitê de transporte do Conselho da Cidade de Los Angeles aprovou diretrizes preliminares em junho. As regras ainda precisam de aprovação do comitê de obras públicas e também dos conselho dos Councilmans (vereadores).

Share This