Um homem seminu abriu abriu fogo num restaurante de Nashille, Tennessee, na noite deste domingo (22) e deixou quatro pessoas mortas e outras feridas. O tiroteio ocorreu durante a madrugada e, segundo testemunhas, ao chegar no estabelecimento, ele vestia apenas um casaco verde e portava uma arma. Após a série de tiros, um cliente reagiu e o responsável pelo crime fugiu nu.

Segundo agentes na cena do crime, o suspeito estava armado com um fuzil AR-15, modelo usado com frequência nos ataques a tiros nos Estados Unidos. O atirador foi identificado algumas horas depois e se chama Travis Reinking, de 29 anos.

A prisão do atirador foi confirmada na tarde desta segunda-feira (23). De acordo com as autoridades, Travis tem histórico de distúrbios psicológicos e já havia sido detido em 2017 nas imediações da Casa Branca por tentar entrar no local sem autorização, violando uma barreira de segurança e exigindo uma reunião com o presidente Donald Trump.

A polícia ainda não esclareceu a motivação do crime ocorrido em Nashville e a cidade ainda está em choque após o tiroteio. Um funcionário de 29 anos e outros três clientes, de 23, 21 e 20 anos, foram mortos no ataque. Dois jovens de 21 e 24 anos, feridos no tiroteio de domingo, estão internados em estado grave; os outros dois feridos receberam alta.

Facebook Comments

Share This