A cidade de Paraty, localizada no litoral sul do Rio de Janeiro, recebeu nota máxima no quesito hospitalidade de 100% dos turistas estrangeiros que estiveram na cidade em 2016, segundo pesquisa do Ministério do Turismo.

Tombada como Patrimônio Histórico Nacional, a cidade tem a hospitalidade aprovada por todos os visitantes pela quarta vez desde 2004 – um feito único entre os destinos brasileiros avaliados no mesmo período. Com seu casario colonial repleto de histórias dos ciclos da cana de açúcar e do ouro, Paraty foi o 10º destino brasileiro mais visitado a lazer em 2016.

A hospitalidade é um dos quesitos da pesquisa de demanda internacional no qual o Brasil faz bonito. Mantém nas alturas, com mais de 90% de avaliações positivas, o jeito de receber nos principais destinos do país.

Três municípios de Santa Catarina – Balneário Camboriú e Bombinhas, empatados, além de Florianópolis – por exemplo, alcançaram a segunda e terceira posições do ranking, com mais de 99,4% de aprovação. Angra dos Reis (RJ), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Armação de Búzios (RJ) e Foz do Iguaçu (PR) também se destacaram como bons anfitriões.

Em Foz do Iguacu, o Parque Nacional bateu um recorde histórico de visitação no primeiro semestre de 2017, superando a marca de mais de 1 milhão de visitantes. Na realidade, o primeiro milhão de visitantes foi atingido no dia 29/07, e 19 dias antes do recorde anterior, registrado em 2016.

De acordo com o secretário de turismo de Foz de Iguçcu, Gilmar Piolla, a valorização do dólar ajudou a atrair turistas sul-americanos, impulsionando o novo recorde. Uma alta ainda mais forte foi vista na usina de Itaipu Binacional. A visita à hidrelétrica teve um aumento de 7% em relação ao ano de 2016.

Facebook Comments

Share This