Por Lindenberg Junior | Fotos: Claudia Passos

Com esse artigo e suas respectivas imagens, tentamos mostrar duas coisas importantes: o sério problema do número crescente de “homeless” (sem-teto) de uma das cidades mais importantes dos Estados Unidos e a bela iniciativa de uma brasileira residente dessa cidade que, junto com outras amigas brasileiras, prestam um serviço voluntário. Estamos nos referindo à cidade de Los Angeles e a iniciativa de solidariedade da paulista Laura Carvalho e de seu grupo de apoio.

Se você vive em Los Angeles, muito provavelmente sabe do grande problema social que enfrenta não apenas a cidade, mas todo o condado de Los Angeles. Em áreas de Venice Beach, Santa Monica, Vale de São Fernando e do centro (downtonw) de L.A podemos ver, inclusive, barracas de camping nas calçadas das ruas nas quais os sem-teto estabeleceram suas “casas temporárias”. Se você não vive em L.A, provavelmente nunca poderia imaginar, afinal, estamos nos EUA e a Califórnia é o estado mais rico do país.

Mas a iniciativa de Laura floresceu anos atrás, mais precisamente em 2008. “O grupo de ajuda se junta uma vez por mês. Criei com a intenção de tentar suprir a necessidade de contato social aos moradores de rua. Não estamos lá para julgar ou para dizer para eles o que fazer, mas para ouvir, trocar experiências, encorajar e levar um pouco da realidade fora das ruas. Acreditamos que depois de certo estágio, a vida nas ruas engole a autoestima das pessoas e o comportamento animal instintivo toma conta do espírito. Vamos lá para quebrar essa rotina. Toda e qualquer ajuda é bem-vinda!”, nos disse a paulista.

Os altos preços de uma propriedade, seja para comprar ou alugar, é uma dura realidade para os residentes de Los Angeles. Muitos antigos moradores preferiram se mudar para outras cidades ou até mesmo para outro estado americano. Por outro lado, a falta de liderança política que prioriza a solução desse problema e, mais especificamente, o problema dos indigentes nas ruas, nos deixam perplexos e sem acreditar no que vemos. Na hora das dificuldades, podemos sempre ver solidariedade. Levamos o chapéu para Laura Carvalho e todas as pessoas do grupo de apoio!

Facebook Comments

Share This