O brasileiro conquistou o Aberto dos EUA pela primeira vez (Foto: Divulgação/US Open)

O brasileiro Thiago Wild fez história neste domingo (09) no US Open. Com apenas 18 anos de idade, ele conquistou o título da chave juvenil do Grand Slam norte-americano, realizado em Nova York, ao derrotar na decisão o italiano Lorenzo Musetti por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/2, em 1 hora e 18 minutos.

Após essa vitória, Wild se tornou o segundo brasileiro a ser campeão da chave juvenil de um Grand Slam, se juntando a Tiago Fernandes, que em 2010 faturou o título do Aberto da Austrália.

As parciais foram difíceis, mas o paranaense começou com tudo a final deste domingo, tendo vencido a primeira parcial do jogo por 6/1, com dois de quatro break points convertidos. Só que Musetti reagiu no segundo set e triunfou ao também conseguir duas quebras de serviço por 6/2, impondo ao brasileiro apenas o segundo set perdido nas seis partidas de simples que participou nesta edição do US Open.

Para piorar a situação de Wild na decisão deste domingo, o italiano abriu 2/0 no começo da terceira parcial. Só que a resposta do brasileiro foi fulminante. Ele ganhou seis games consecutivos, com três quebras de serviço, para fechar a parcial em 6/2 e o jogo em 2 sets a 1, conquistando o título da chave juvenil do US Open para o tênis brasileiro.

“Poder me sagrar campeão aqui é muito especial. Era a minha última chance de ser campeão deste nível como juvenil. E acho que daqui para a frente vou seguir trabalhando firme com a minha equipe, lá na Tennis Route. Eles vêm me apoiando desde os 14 anos. Agora tem que seguir firme pensando no futuro”, revelou Thiago a um jornal brasileiro.