São Francisco: o Aluguel mais Caro dos EUA

São Francisco: o Aluguel mais Caro dos EUA

O valor de aluguel de imóveis nos Estados Unidos tem aumentado muito nos últimos anos, principalmente a partir de 2010. Um número recorde de pessoas estão lutando para poder conseguir pagar o aluguel a cada mês, de acordo com um estudo publicado em 2016 pela Universidade de Harvard.

Quase a metade dos inquilinos pesquisados considerou estar “sobrecarregados com o custo do aluguel”, significando que esta despesa ultrapassou 30% da renda deles. No mesmo estudo, mais de um quarto dos locatários foram considerados severamente sobrecarregados com o aluguel correspondendo à quase a metade da renda mensal.

O elevado custo do aluguel tem se tornado uma luta não apenas para indivíduos de baixa renda, mas para a classe média também. Uma em cada cinco famílias que alugam e ganham entre $45.000 e $75.000 por ano está gastando mais de 30% de sua renda com aluguel.  Nas dez cidades mais caras do país, quase metade das famílias nesta faixa de renda estão lutando para pagar por habitação.

O número de aluguéis vazios é uma das causas do elevado preço. A taxa de vacância nos EUA, que caiu para 7,6% em 2014, está em seu ponto mais baixo em quase duas décadas. Por outro lado, ser proprietário não está mal. Muitos com capital sobrando para investir passaram a comprar e alugar seus imóveis já que a ganância tem compensado bem.

As dez cidades mais caras para alugar um imóvel nos Estados Unidos são pela ordem: 1) São Francisco, 2) Nova York, 3) Boston, 4) Los Angeles (CA), 5) Washington, 6) San Jose (CA), 7) Oakland (CA), 8) Miami, 9) Seattle e 10) San Diego (CA).

Facebook Comments

Share This