Por Laís Oliveira

Você gosta mais de sol ou clima frio? Seu perfil é mais de lugar praiano ou centro urbano? Curte correria ou tranquilidade? É certo que é possível encontrar todas essas características nas mais diversas cidades e estados dos EUA, mas há dois locais bastante conhecidos que estão sempre no topo da lista de cidades para viver, conhecer ou se aventurar. E quem conhece suas diferenças sabe que parece haver um certo ar de rivalidade entre os dois lugares… estamos falando de Nova York e Los Angeles.

As duas maiores metrópoles americanas são reconhecidas no mundo inteiro por suas atrações turísticas e, não por acaso, estão entre as cidades mais visitadas do país – juntamente com Orlando e Miami. No entanto, assim como o eixo Rio-São Paulo no Brasil, ambas as metrópoles se orgulham de suas características singulares: enquanto uma é uma abundância de prédios e luzes e parece não parar nunca, a outra se destaca pela diversidade de cenários, que vai de praias, montanhas a estúdios de cinema.

E se falarmos de características de sua população, as diferenças ficam ainda mais claras, cada local parece atrair um perfil de público, visitante ou morador. Os nova-iorquinos se orgulham de andar de terno, da diversidade cultural e da ampla oferta de restaurantes de qualidade em toda a cidade. Já os angelanos têm um espírito mais livre, uma atmosfera mais jovem, gostam de atividades ao ar livre e se orgulham da vida diurna.

Se você pretende visitar ou mesmo planeja morar em algum desses lugares, conheça seus perfis e algumas características de seus habitantes:

Os nova-iorquinos

Os nova-iorquinos, ou new yorkers, como os habitantes de certas outras grandes cidades dos EUA, fazem parte da parcela mais instruída, crítica e cosmopolita da população norte-americana. Cerca de 64% de seus habitantes são “nativos”; o restante nasceu no exterior.

Com aproximadamente 20 milhões de habitantes em sua área metropolitana, a Big Apple é uma salada racial. Sua população branca (37%) constitui o principal grupo étnico, mas Nova York é também habitada por hispânicos (27%), por negros não-hispânicos (26%) e por asiáticos (10%). Essa proporção sofre variações ao sabor das ondas de imigrações; Nova York é a segunda cidade dos EUA que mais recebe estrangeiros, depois de Los Angeles.

Os angelanos

Se a área dos cinco condados de Los Angeles fosse um estado, superaria todos os outros estados do país em tamanho total de população, com exceção da Califórnia, Texas, Nova York e Flórida. O Condado de Los Angeles sozinho seria o oitavo maior estado em população, atrás apenas de Ohio e à frente de Geórgia, com 9.9 milhões de pessoas. O Condado de Los Angeles é o primeiro a chegar a 10 milhões de residentes.

Com esse número expressivo, o que não falta é diversidade. A multiétnica e diversa população angelana se destaca como o polo cultural central da Orla do Pacífico. Pessoas de 140 países, falando aproximadamente 92 idiomas diferentes vivem atualmente em Los Angeles. O número e hispânicos superou o de brancos. Atualmente 48,3% da população é latina/hispânica. 27,2% é branca. 14.6 % é asiática. 9.2 % é africano-americano e 1.5% índios.

O clima de Nova York

O clima de Nova York é considerado continental. Há quatro estações bem definidas: os invernos são extremamente frios, chegando a nevar entre os meses de dezembro e março, enquanto os verões são amenos e ensolarados, com temperaturas que chegam a 30º C.

O clima de Los Angeles

Em Los Angeles o clima é parecido com o do Brasil, pois há pouca distinção entre as estações e costuma ser quente e ensolarado todo o ano. Mesmo no inverno dá para ir à praia!

O turismo em Nova York

Nova York oferece uma paisagem extremamente urbana, com muitos prédios e arranha-céus. A impressão é de correria e acúmulo. Há muitas pontes, como a Brooklyn Bridge e a Manhattan Bridge, mas também muitos parques, como o famoso Central Park. Há inúmeros restaurantes para todos os gostos com comidas típicas de diversos países.

Em Nova York a vida noturna é muito mais presente. Muitas lojas ficam abertas até meia noite e uma série de estabelecimentos fica aberta até as 4h da manhã. Bebidas alcoólicas podem ser compradas a qualquer hora.

O turismo em Los Angeles

Los Angeles oferece mar, palmeiras e montanhas. Tudo é extremamente espalhado, sem amontoações. Há atrações e atividades para os mais diversos gostos e idades. A cidade respira o glamour das celebridades e a oportunidade de encontrá-las a qualquer momento pelas ruas (mas é bem difícil de isso acontecer). Além disso, você pode realizar fabulosas compras nos melhores centros comerciais, incluindo a Rodeo Drive, um dos mais exclusivos do mundo.

Para atividades ao ar livre, você encontra praias incomparáveis e o maior parque urbano dos Estados Unidos, com áreas para passeios dentro da cidade, que conta, ainda, com incríveis parques temáticos. Por outro lado, na Califórnia tudo fecha mais cedo. Algumas lojas funcionam até as 17h durante a semana e até as 21h aos finais de semana. Casas noturnas fecham, no máximo, às 2h da madrugada, pois é ilegal vender bebidas alcoólicas após esse horário.

Agora que você já conhece um pouco mais das duas cidades ficou fácil decidir para qual viajar ou, quem sabe, seu roteiro tem espaço suficiente para desfrutar tanto de Nova York quanto de Los Angeles. Seja qual for o seu caso, boa viagem!

Facebook Comments

Share This