O Instagram lançou, na quarta-feira, 20, uma plataforma dedicada exclusivamente a vídeos mais longos, com até uma hora de duração, que promete competir com o YouTube por usuários nas redes sociais. A novidade, chamada de IGTV, pode ser acessada dentro do app do Instagram, em um novo botão e aceita vídeos com resolução de até 4k e apenas na vertical.

O IGTV já está disponível para todos os usuários do app para iPhone (iOS) e celular Android e traz interações como curtir, comentar e o compartilhamento dos vídeos em redes sociais. Ao contrário de posts do Instagram, os vídeos da nova ferramenta não recebem edições de corte e filtros para alterar a tonalidade das cenas – funcionando assim de forma similar ao YouTube.

É interessante mencionar que o novo aplicativonão abre a câmera do celular para gravar cenas, ou seja, usários podem compartilhar apenas os vídeos que estão salvos na biblioteca do celular. Apesar de independente do instagram, o IGTV tem integração total com a rede social. As interfaces dos dois apps são parecidas: o IGTV usa a mesma paleta de cores e tem usabilidade semelhante, principalmente, nos comandos do Stories.

Para entrar no IGTV, a conta usada é a mesma do Instagram, por isso, você segue imediatamente as mesmas pessoas na seção de vídeos do app. Sempre que há novos vídeos postados na plataforma, o usuário pode conferir a notificação pelo ícone de televisão próximo aos Stories.

Ainda que tenha sido criado um aplicativo exclusivo para postagem e transmissão dos vídeos, os conteúdos também podem ser assistidos no próprio Instagram, caso o usuário ainda não tenha baixado a novidade. Ou seja, quem não tem espaço no celular ou não tem interesse em baixar o aplicativo por qualquer motivo, não fica privado de assistir aos conteúdos lá postados.

O IGTV possui quatro abas principais: “Para você (For You)”, com sugestões que levam em conta o que o usuário curte e contas que segue; “Seguindo” (Following), com o conteúdo dos canais que a pessoa segue; “Populares” (Popular), que traz conteúdo em alta entre todos os usuários; e, finalmente, “Continuar assistindo” (Continue Watching), que apresenta o histórico de visualizações

A novidade coloca o Instagram mais próximo de outras redes sociais, como o YouTube e o Snapchat (que já conta com a função Discover), e também amplia a proposta da rede social. Criado em 2010 como um app de fotos, o Instagram liberou, ao longo dos anos, a publicação de vídeos com 15 segundos de duração e, posteriormente, 60 segundos, além dos Stories.

Facebook Comments

Share This