Por Lindenberg Junior

Infelizmente, roubos de identidade pessoal continuam aumentando nos Estados Unidos, chegando a ocupar o primeiro lugar na lista de reclamações do TTC – Federal Trade Commisssion (dados de 2015). “Roubo de identidade” constitui o uso indevido de seu nome ou identificação de crédito, com intuito de fraude. Ladrões sofisticados roubam informações tais como: números de cartões de crédito, número da carteira de motorista, número da conta bancária, número do seguro social (SSN), entre outras. Com tais números nas mãos, eles conseguem empréstimos bancários, compram imóveis, ou qualquer coisa imaginável, tudo isso no seu nome.

Mais e mais patrões, proprietários, companhias de seguro, financiadoras, etc, continuam usando informações de seu crédito para tomarem decisões importantes. Esta é uma maneira legal de eles se protegerem e saberem mais a seu respeito. E muitas vezes você poderá se surpreender com as decisões que eles tomam! Ladrões sofisticados usam uma variedade de métodos, métodos banais ou de alta tecnologia – para obterem acesso à sua informação. Alguns destes métodos incluem:

· O tradicional furto de sua bolsa ou carteira, contendo sua identificação e cartões de crédito;
· O método do furto de sua correspondência na caixa do correio, onde o carteiro pode ter colocado sua conta mensal dos cartões de crédito, ofertas de cartões de crédito e informações sobre taxas, em alta nos Estados Unidos;
· Obter o seu relatório de crédito: o fraudador finge ser o dono do imóvel que você aluga, por exemplo;
· Comprar informações pessoais no mercado negro. Por exemplo, um ladrão de identidades pode pagar ao empregado de uma loja, restaurante, ou hotel para obter informações a seu respeito;
· Coleta de informações a seu respeito na Internet, também em alta nos Estados Unidos e no resto do mundo.

Na Califórnia, onde vivemos e atuamos profissionalmente, existem três leis que te ajudam a se proteger contra roubo de identidade:

A) SB 125 – exige que as financiadoras lhe forneçam informações sobre pessoas solicitando crédito a seu respeito se você submeter um relatório policial.

B) AB 655 – exige que pessoas ou companhias pesquisando seu crédito, em conexão com uma aplicação para crédito, tomem passos razoáveis para verificar seu endereço e confirmar que a solicitação de crédito não é falsa, caso o endereço na aplicação não coincida com seu endereço.

C) SB 168 – restringe o uso do seguro social como documento de identificação em inúmeras situações.Apesar de uma proteção completa contra o roubo de identidade não ser possível, o Federal Trade Commission (FTC) em conjunto com o Better Business Bureau (BBB), recomenda o seguinte para minimizar os riscos: antes de revelar qualquer informação pessoal, investigue como esta informação será usada e se tal informação será passada para outros.

  • Preste atenção nos seus pagamentos mensais. Contate os credores imediatamente, caso sua conta não chegue a tempo.
  • Carregue o mínimo possível de cartões de crédito, talvez apenas dois, e faça uma “rodízio” de tempos em tempos.
  • Proteja-se contra roubo de sua correspondência. Deposite suas cartas em caixas do correio, ou diretamente no correio local.
  • Mantenha documentos com informação pessoal num lugar seguro. Para prevenir-se de um ladrão que possa adquirir sua informação na lata de lixo, destrua seus recibos, cópias de aplicação de crédito, formulários de seguro, cheques não preenchidos, contas que você está jogando fora, cartões de créditos expirados e ofertas de crédito que você recebe pelo correio.
  • Não carregue seu seguro social (SSN) com você, e só forneça o número quando for absolutamente necessário e em específicos casos.  Jamais passe o numero do seu seguro social completo via fone! Nunca se sabe quem está atrás da outra linha!

Image_Web_Aug 5_Credit nos EUA_Screeshot do Site
E, muito importante: solicite uma cópia de seu relatório de crédito de cada uma das três agências governamentais, pelo menos uma vez por ano. Ou use o seu direito de obter uma vez por ano o seu “Credit Report” gratis – www.annualcreditreport.com. Certifique-se de que a informação é acurada e que inclui somente as atividades que você autorizou.


Todos os residentes americanos que desejam estar seguros de que seus relatórios de crédito estão corretos, ou checar sua história, podem obter essa informação grátis, conforme mencionado no paragrafo anterior, e de acordo com um programa governamental que começou no final de 2004 nos Estados Unidos.

Para receber um relatório de crédito grátis, os consumidores podem acessar o site do Anual Credit Report e que foi criado em conjunto pelas companhias que fornecem relatórios de crédito e o governo federal americano. As pessoas também podem ligar para 1-877-FTC-HELP. O Federal Trade Commission (FTC) está alertando consumidores para permanecerem atentos contra e-mails simulando uma oferta grátis de relatório de crédito, com o objetivo de obter informações pessoais. Lembre-se que as agências governamentais são proibidas de mandar e-mails e anúncios de vendas de serviços na Internet.

Extremamente importante

Se você se tornar uma vítima, precisa agir rapidamente para bloquear o uso de sua identidade pelos criminosos. Avise à polícia e contate seu banco e agências que emitiram os seus cartões de crédito. Contate a seção de fraude das três agências, e solicite um “Alerta de Fraude” para ser colocado no seu arquivo, como também uma declaração pedindo que os credores lhe contatem pessoalmente antes de abrir uma nova conta, ou alterar uma conta que já existe.

Para mais informações:

Site do Better Business Bureau: www.bbb.org

Quer melhorar seu credit score nos EUA? Confira o passo a passo neste artigo e melhore suas chances de ter acesso a bens, imóveis e muito mais no país.

Facebook Comments

Share This