Por Lindenberg Junior
 

Estima-se que 23 milhões de pessoas nos EUA ganham sua renda mensal desde o conforto de suas casas e não se sujeitam ao estresse e lamentos associados a um emprego padrão das 9h às 17h. Em vez disso, essas pessoas escolheram um caminho diferente que lhes permitem cuidar de seu próprio bem estar e / ou cronograma, e ainda, receber melhores salários sem ter que suportar aborrecimentos e injustiça –  coisas que acontecem frequentemente nos empregos hoje em dia.

Com as novas tecnologias e o uso de novas ferramentas, como os smartphones, agora está mais fácil do que nunca encontrar um trabalho que não requer o período tradicional da 9h às 17h ou o qual necessite estar em um local específico. Há muitas ofertas de emprego que você pode conseguir trabalhando desde sua casa ou usando o seu carro. Mesmo que você tenha um emprego comum, algumas empresas permitem que o empregado trabalhem de casa usando um software online tipo “clock clock”.

Eu conheço duas amigas que cumpriam o dever de estar diariamente nos escritórios das empresas e que agora fazem o mesmo trabalho, e para as mesmas empresas, em casa. Uma é uma arquiteta e a outra, jornalista.  Se você vê que estas possibilidades podem servir para sua função, tente falar como o seu gerente ou chefe sobre trabalhar em sua casa e começar a vivenciar esta nova experiência. Em muitos casos, os chefes percebem que você é mais produtivo fazendo este mesmo trabalho em sua casa (mesmo que ainda seja no “período de tempo padrão”).

A realidade atualmente é outra e, além dessa possibilidade, existem várias opções em que você pode trabalhar saindo dos padrões convencionais. Como freelancer ou trabalhador independente (nos EUA o que se chama de Independent Contractor). Sugiro checar a plataforma do UpWork na qual vários empregadores anunciam trabalho e serviços bem remunerados. Meu aconselho para você é encontrar clientes top de linha, tentar fazer o seu melhor, conquistá-los e mantê-los.

Em dias de “economia compartilhada” ou “sharing economy” como se diz aqui nos EUA, há várias plataformas nas quais se pode ganhar uma grana de verdade.   Vou citar aqui inicialmente um dos mais conhecidos: o Uber. Mas existe o Postmates, o Task Rabbits e o WeGoLook,  entre outros. Com o WeGoLook, por exemplo, você pode fazer um extra de US$50 como um “looker” – que é quando você faz o trabalho de checar algo para alguém, como um comprador de algo que está distante (ou em outro estado) e não pode estar presente para “conferir”. Essas plataformas foram desenvolvidas e testadas para serem “monetizadas” (de ambas as partes). Claro, você tem seu estilo de vida e um orçamento próprio, e por isso é importante um plano de ação para escolher as melhores plataformas para você.  Abaixo, vou continuar a mencionar mais sobre outras plataformas.

Você pode ganhar dinheiro usando um quarto ou garagem desocupada, ou mesmo seu apartamento completo, através do AirBnB. Para se registrar é grátis, você estabelece o preço e o AirBnb pega uma taxa da comissão (20% quando escrevi este artigo). Semelhante ao AirBnB, posso mencionar o HomeAway e VRBO. Há plataformas que servem para alugar vários tipos de espaços de trabalho, neste caso existe  o ShareDesk, que funciona de forma semelhante ao AirBnb. Há também o PivotDesk e o LiquidSpace.

Há ainda uma plataforma para aqueles que querem  ter uma experiência única ao ar livre para compartilhar com amigos, família, etc. Estou falando do HipCamp, uma boa para quem quer lucrar com terrenos não utilizados. Atualmente (* Fev/2017) disponível apenas nos EUA. O SpareChair permite que você alugue até mesmo um assento em sua sala de jantar. Você pode transformar seu porão em um estúdio para alugar para músicos ou artistas ou, ainda, pode transformar sua garagem em uma sala de reuniões para pequenas empresas ou startups.

Por fim, vou dar um exemplo diferente: você pode fazer de $50 a $75 dólares em algumas horas simplesmente dando sua opinião. Existem empresas que estão dispostas a pagar para você participar de grupos específicos e descobrir o que você pensa sobre sobre alguns servicos. Cheque sites como o FindFocusGroups.com ou FocusForCash.com ou FocusGroup.com. Alguns desses sites também permitem que você se inscreva e dê seus detalhes para que os pesquisadores possam  encontrá-lo. Bem, acho que deu para você entender a ideia geral desse artigo.