Por Lindenberg Junior

Alguns casais culpam o estresse do dia a dia, outros culpam o longo tempo de relacionamento, e há também os que preferem mudar de parceiro no momento em que a rotina toma conta. Ainda existem aqueles que culpam o conservadorismo do parceiro(a) ou até mesmo a exposição do nu na mídia, tornando o corpo cada vez menos sedutor. Segundo os sexólogos, seja qual for o motivo de sua relação estar “sem graça”, o mais importante é usar a criatividade para sair da otina.

Entre vários conselhos, estão o de tomar banho juntos, falar abertamente sobre tudo e evitar os tabus, usar uma essência afrodisíaca antes de dormir, manter o corpo e a mente sempre jovens, usar uma roupa íntima diferente, mandar bilhetinhos, fazer amor em um lugar inusitado, sair para dançar, viajar para lugares nunca antes visitados, conversar sobre onde e como cada um gosta de ser tocado, etc. O importante é ser criativo no sexo. Isso não significa recorrer a fetiches, mas sim ser criativo no tocar, no olhar e no falar.

Por falar nisso, para quem quer esquentar uma relação, uma dica quase que unânime é procurar atiçar o desejo do outro, e o próprio também, com o bom uso de palavras picantes. Falar bobagem no ouvido do parceiro, sussurrar ou pedir que ele faça a sua carícia favorita é um bom exemplo. O conteúdo e a maneira de falar variam conforme a pessoa. Muitas pessoas não se sentem bem nesse tipo de papel. Para elas, em especial, o ato de falar durante uma relação pode assumir uma forma mais sutil, como uma palavra de carinho ou um elogio na hora certa.

Desejo, Paixão e Sedução com a Ajuda e o Poder das Ervas

Os antigos valorizavam a arte da sedução e desenvolveram “poções” mágicas para aumentar o vigor sexual. No antigo Egito, os sumo-sacerdotes desenvolveram o uso das essências, e textos da ciência Hindu descreviam o poder afrodisíaco do giseng, um dos produtos mais revigorantes e mais difundidos no Oriente.

As plantas que estimulam a nossa mente e o nosso corpo são:

  • O coentro, que misturado com almiscar, açafrão e incenso produz um perfume eficaz nas práticas de magia sexual.
  • A cebola e um tônico afrodisíaco. Seu sumo poderoso em uma boa sopa no jantar proporciona bons resultados.
  • O lírio, planta que deve ser colhida quando a Lua ou Vênus estão em Áries ou Libra. Ela, se queimada em casa, libera um perfume que garante doses de prazer.
  • A verbena é uma planta sagrada da antiga Bretanha, onde foi usada em sacrifícios, rituais e diversas formas de encantamento amoroso.
  • A urtiga é o símbolo de luxuria. Escolhida quando a Lua está em Escorpião, tem a virtude de conceber valentia e audacia.
  • A rosa exerce considerável influência sobre os órgãos sexuais femininos. Afasta a melancolia e é antidepressivo. Comenta-se que seu aroma afrodisíaco aumenta o volume do sêmen, podendo ser usada em casos de impotência ou esterilidade. Regida por Vênus, regula a função menstrual.
  • O Patchouli vem da Índia, onde é conhecido por puchaput. Seu óleo tem a propriedade de melhorar o odor com a idade. Também concilia as ideias e ajuda a esclarecer os problemas.

Obs.: Jamais use as plantas quando estiver em estado de agitação mental ou submetido a fortes emoções.

Banho a Dois

Você pode, também, transformar o momento do banho num acontecimento sensual e prazeroso:

  • Seja espontâneo(a) e faça uso de seu instinto, deixando suas mãos deslizarem pelo corpo de seu parceiro enquanto espalha a espuma do sabonete.
  • Deslize suas mãos desde o final das costas até tocar os cabelos.
  • Ao se aproximar do pescoço, desvie suas mãos para os ombros e desça pela lateral do corpo até os quadris.
  • Massageie os ombros e o pescoço, deixando a água cair sobre o corpo.
  • Com o braço na cintura, procure manter os punhos de forma que as palmas das mãos estejam em contato com o músculo que suporta a coluna, deslize-o para cima até os ombros, fazendo o mesmo movimento para descer. Se quiser ficar mais juntinho da pessoa, utilize o antebraço.
  • A naturalidade da nudez durante o banho irá deixar de lado a vergonha e a timidez do casal, trazendo à tona o prazer do carinho, da massagem e do banho em si.

Por fim, não deixe que a vida estressante e a rotina dos nossos dias deixe o casal fora de sintonia. É necessário um laço bastante forte para superar os empecilhos e fugir da rotina. No entanto, lembre-se que carinho, diálogo e criatividade podem ser a receita milagrosa.

Facebook Comments

Share This