Atriz, modelo, poeta, escritora, apresentadora, roteirista, produtora de cinema e ativista ambiental. Todas essas funções se encaixam com sucesso no perfil de Bruna Lombardi. Dona de uma beleza deslumbrante e atemporal, aos 66 anos, ela divide sua vida entre São Paulo, cidade onde nasceu, e Los Angeles, sua segunda casa.

Sua vida artística começou cedo, aos 15 anos, quando estudava no Dante Alighieri, Bruna foi descoberta por um olheiro, tornou-se modelo e logo cedo ganhou independência. Paralelo aos desfiles e propagandas, estudou comunicação, pois demonstrava grande paixão pelas palavras.

Ao se formar em Jornalismo e Propaganda, o lado artístico de Bruna já havia se sobreposto ao de comunicadora: em 1976, lançou No ritmo da festa, seu livro de estreia, com prefácio de Chico Buarque; no ano seguinte, participou de sua primeira novela, Sem lenço, sem documento, de Mário Prata, na Globo; em 1978, conheceu Carlos Alberto Riccelli nas gravações da novela Aritana, na extinta TV Tupi, e após três anos de união, nasceu seu único filho, Kim.

Quando estava estabelecida como uma das estrelas de maior grandeza da TV brasileira, no início dos anos 1990, ela foi convidada pelo diretor americano Hal Hartley para atuar em Los Angeles e aceitou de cara. Bruna, então, se mudou com o marido e o filho Kim para a Califórnia, onde foi estudar roteiro na University of California, mesma faculdade onde Kim se formou em Cinema. Durante esse período, foi apresentadora e produtora do programa Gente de Expressão, da Pulsar TV, que, mais tarde, se transformou na sua produtora de cinema Pulsar.

Juntamente com Riccelli, que é diretor, Bruna realiza vários projetos simultaneamente. Kim, que também é diretor, participa  e está sempre trabalhando junto aos pais e essa união não se faz presente apenas no mundo profissional, mas também no convívio familiar.

Em Los Angeles, mais precisamente em Ventura, a casa de Bruna é seu aconchego particular cheio de elementos da natureza, como ela gosta. Ela e o marido adoram o clima da cidade e o quanto se diferencia da outra casa da família, em São Paulo. Em entrevista a um jornal brasileiro, ela revelou que a família ama fazer caminhadas em Los Angeles, pois “aqui a gente anda cinco minutos e já está no mato”, afirmou a atriz.

Carlos Riccelli, Bruna Lombardi e o filho do casal, Kim

Já Riccelli gosta do fato de Los Angeles ser uma gigantesca metrópole e encontrar tudo que gosta de experimentar na culinária, por exemplo. “A cozinha da nossa casa é um verdadeiro laboratório. O Kim é um experimentador. E Los Angeles é perfeita porque aqui tem de tudo. Eu sou mais clássico, adoro um tomate, uma pasta, uma coisa bem tradicional italiana. Já a Bruna é superinventiva”. Além disso, em L.A., o diretor disse que gosta de praticar esportes, seja qual for, o que importa é movimentar o corpo. Ele adora jogar e assistir jogos de basquete e sempre que está em Los Angeles não perde uma partida dos Lakers, time do coração.

É nessa relação cheia de cumplicidade e amor que Bruna Lombardi e sua família constrói sua vida diariamente, seja em São Paulo ou em Los Angeles. A multifacetada atriz de 41 anos de carreira acredita que a felicidade não é tão fácil de ser alcançada, mas é preciso dar o melhor de sir. “Ser feliz não é fácil. Existem adversidades na vida de todos, mas a forma como reagimos aos problemas é o que faz a diferença. Devemos restabelecer as prioridades, os verdadeiros valores e saber o que é fundamental para a vida”.

Facebook Comments

Share This