Claudia Leitte na UCLA. Foto: Claudia Passos

Claudia Leitte já se consagrou como uma das musas do Axé e do carnaval brasileiro. A cantora, que iniciou sua carreira de sucesso no grupo Babado Novo, decidiu apostar na carreira solo e ganhou o Brasil e também faz sucesso em shows internacionais. Ela divide seu tempo entre Los Angeles, nos Estados Unidos, onde mora com a família, e o Brasil. E não se engane, ela já afirmou que leva uma vida simples e de anônima na Califórnia, o que é impossível de acontecer em seu país de origem.

A jurada do “The Voice” afirmou que nos EUA tem mais tempo para se dedicar aos filhos, Davi e Rafael, e ser mãe. “No Brasil eu consigo dar credibilidade para o meu trabalho, dar atenção aos meus filhos, mas a divisão não era balanceada e exigia muito de mim”, revelou Claudia Leitte. Depois que resolveu dividir sua vida entre Los Angeles e o Brasil, a cantora afirma que consegue equilibrar mais as coisas, pois na rua anda tranquilamente com os filhos e participa das atividades diárias da família sem muita cobrança.

Entre a ponte aérea Brasil-EUA, a musa do Axé esteve em Los Angeles no começo de maio para a apresentação do filme-documentário sobre a Axe Music, “AXÉ: Canto do Povo de um Lugar”, na Universidade da Califórnia em Los Angeles – UCLA – e que faz parte das celebrações de um projeto de “série de filmes brasileiros”.

A “UCLA Brazilian Film Series”, do Centro de Estudos Brasileiros da UCLA, que está em seu 10º ano, é um sucesso. Filmes recentes do Brasil são exibidos na primeira noite de quarta-feira de cada mês na UCLA, geralmente seguido por uma discussão com o diretor. A série é co-patrocinada pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil através do Consulado Geral do Brasil em Los Angeles, do Departamento de Espanhol e Português da UCLA e do Centro de Estudos Brasileiros da UCLA.

O criador do UCLA Brazilian Film Series é o professor americano Randal Johnson. A.diretora do UCLA Center for Brazilian Studies é a Dra. Karin Nielsen.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.