Você sabe o que é empoderamento feminino? Esta palavra tem sido frequentemente usada no âmbito dos mais diversos movimentos que lutam por igualdade social. Para o feminismo, movimento que busca a igualdade social, política, econômica e jurídica entre os gêneros, a palavra tornou-se uma espécie de orientação para conseguir esses objetivos, pois, para equilibrar, é preciso, antes, empoderar.

No dicionário da língua portuguesa, “empoderar” significa “dar ou adquirir poder”. A importante economista de Bangladesh, feminista e especialista em gênero e pobreza, Naila Kabeer, define empoderamento, no contexto do feminismo, como “a expansão da capacidade das pessoas para fazer escolhas de vida estratégicas num contexto em que tais habilidades lhe foram anteriormente negadas”. Ele depende de dois fatores: que as mulheres possam identificar seus desejos; e da exigência de que as mulheres possam fazer o que desejam no ambiente em que vivem.

O empoderamento feminino que tanto se fala atualmente, surgiu como uma consequência da expansão da luta feminista e é a consciência coletiva, expressada por ações para fortalecer o posicionamento das mulheres, em busca dessa igualdade de gêneros tão necessária em tempos de números gritantes de violência contra a mulher e de injustos salários e desvalorização no mercado de trabalho.

o empoderamento são a representatividade, a sororidade e a colaboração; essa soma que resulta no empoderar. Empoderar é enaltecer, contribuir para que as meninas e jovens mulheres conquistem seus espaços, seja de fala ou de trabalho. Não menos importante: enaltecer a si mesma. A sororidade é o que devemos ensinar às meninas desde crianças: a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum.

O objetivo do empoderamento é ser coletivo e não individual, justamente para desconstruir aquele antigo paradigma de que mulheres são rivais e competem entre si, especialmente para conquistar um homem.

Ao tomar o poder para si, como parte da própria consciência, a mulher se torna a própria ativista para a luta de outras mulheres – ao indagar sobre a cultura do estupro, ao atuar contra injustiças que afetam as mulheres, ao parar de classificar a mulher pela roupa ou status de relacionamento. Empoderadas, as mulheres protegem umas às outras e lutam juntas em busca de uma sociedade mais justa e igualitária para todos.

Por que empoderamento feminino é tão importante?

Empoderar é um meio para diminuir desigualdades que ainda existem nos campos da política, mercado de trabalho e da economia no que diz respeito às mulheres. Em um âmbito geral, o empoderamento feminino contribui para o crescimento econômico, social e político.

O fato é que só entende de mulher quem é mulher, então a união é fator é essencial para garantir que os direitos das mulheres sejam respeitados. Empoderar-se significa que qualquer pessoa, em qualquer lugar, pode ter controle da própria vida, definir metas, adquirir habilidades e agir. Ao tomarmos o poder, protegemos umas às outras. O empoderamento é essencial para diminuir as desigualdades e garantir respeito e justiça.

Facebook Comments

Share This