O surfista brasileiro Jadson André conquistou a terceira colocação no QS 10.000 de Huntington Beach, na Califórnia, e com isso segue na disputa pela classificação para a elite do Circuito Mundial de Surfe. O brasileiro foi derrotado nas semis pelo japonês Kanoa Igarashi, que acabou se sagrando campeão após vencer o estadunidense Griffin Colapinto.

Ítalo Ferreira seria o adversário do Potiguar, mas teve uma lesão no tornozelo e acabou abandonando a prova. Jadson André acabou caindo para Igarashi pelo apertado placar de 13.83 a 13.67. Na final, o japonês bateu Griffin Colapinto por 15.77 a 15.00 e subiu para a terceira posição no ranking do WQS.

A boa etapa realizada por Jadson André fez com que o brasileiro alcançasse a quinta colocação no ranking. Ao final do circuito, os dez primeiros colocados sobem para a divisão principal do maior campeonato de Surf do mundo.

Após essa etapa do QS 10.000, o Brasil tem agora três surfistas entre os 10 melhores, na zona de acesso à elite do Surf Mundial. Além de Jadson André, em quinto, o pais também está representado no ranking por Peterson Crisanto, em segundo; Alejo Muniz, em sétimo. Deivid Silva que antes ocupava a sexta posição, caiu para a 12ª.

Share This