Na última cotação da semana, o dólar comercial operou em queda após o presidente Bolsonaro divulgar alguns detalhes sobre a proposta de reforma de Previdência. Ao final da sexta-feira (15), a moeda norte-americana encerrou em queda de 1,02%, cotado a R$3,70.

A reforma da Previdência de Bolsonaro prevê idade mínima para aposentadoria de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, patamares que serão atingidos após um período de transição de 12 anos, em um modelo mais duro do que o proposto pelo ex-presidente Michel Temer.

Na véspera, o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, não forneceu mais detalhes sobre os pontos já acertados com o presidente Jair Bolsonaro para a reforma, mas disse que o texto será assinado na próxima quarta-feira (20), data em que a reforma será também apresentada ao Congresso.

O mercado também trouxe na pauta desta sexta-feira eventuais desdobramentos da crise política no governo, que tem Bebianno no centro após denúncias de um esquema de candidatos-laranja dentro do PSL que está sendo investigado pela Polícia Federal.

Facebook Comments

Share This