Maradona dá um beijo em Pelé antes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo da Rússia no Kremlin em Moscou (Foto: Fifa)

Em sorteio realizado pela Fifa nesta sexta-feira (01/12), na cidade de Moscou, e acompanhado em todo o mundo, foram definidos os grupos da primeira fase da Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia. Contando com a participação de grandes nomes do futebol mundial, como os brasileiros Pelé, Ronaldinho e Cafu, o argentino Maradona e o inglês Lineker, o evento selou a sorte das 32 seleções que disputarão o torneio.

Com oito seleções como cabeças de chave, entre elas o Brasil, o torneio que acontecerá entre junho e julho do ano que vem já tem os confrontos da primeira fase definidos. A Rússia, no Grupo A, terá Egito, Arábia Saudita e Uruguai pela frente. No Grupo B acontecerá o clássico entre Espanha e Portugal e completam o grupo Marrocos e Irã. Pela Grupo C, França, Austrália, Peru e Dinamarca brigarão pelas duas vagas. Os argentinos caíram no Grupo D e terão pela frente Islândia, Croácia e a sempre ofensiva Nigéria.

A seleção brasileira estará no Grupo E, que terá Suiça, Sérvia e Costa Rica. A atual campeã mundial, a Alemanha, terá México, Suécia e Coreia do Sul pelo caminho, formando dessa forma o Grupo F. Já a Inglaterra não é cabeça de chave, mas tem tudo para avançar de fase pois terá pela frente Tunísia, Panamá e Bélgica, completando o grupo G. Fechando os grupos da primeira fase da Copa, o Grupo H, terá Polônia, Senegal, Colômbia e Japão.

Pela definição do sorteio, apostamos que a Alemanha ganhará em seu grupo assim como o Brasil, evitando o encontro das duas seleções logo de cara nas oitavas. Se acontecer assim, nosso palpite seria para um encontro nas oitavas da seleção brasileira com nossos amigos mexicanos (que estão com Suécia e Coréia do Sul junto à Alemanha).

Ronaldo, “o Fenômeno”, que tem dois títulos da Copa do Mundo no currículo, acompanhou o sorteio dos grupos e saiu satisfeito ao ver o Brasil ao lado de Suíça, Costa Rica e Sérvia, no Grupo E. Ao observar as chaves dos rivais, o Fenômeno classificou o grupo da seleção como “acessível”.

“Temos totais condições de sair (classificados) em primeiro nesse grupo. Vimos grupos mais complicados, como no caso da Espanha com Portugal (grupo B), mas acho que nosso grupo está bem acessível e o Tite já está montando seu plano”, disse Ronaldo em entrevista ao canal brasileiro “SporTV”.

Em Moscou, Pelé foi um dos destaques do sorteio da Copa do Mundo e, pela primeira vez, dividiu um evento com Diego Maradona. O ex-jogador entrou no palco empurrado por ajudantes em uma cadeira de rodas, pois sofre com problemas físicos desde 2012. Pelé foi chamado de “rei” por Gianni Infantino, presidente da Fifa, e levou os 6 mil convidados a ovacioná-lo no Palácio do Kremlin.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.