Sistema de senhas facilita a visitação. Foto: Ricardo Freire

Sistema de senhas facilita a visitação. Foto: Ricardo Freire

As Olimpíadas e Paralimpíadas já acabaram e o Rio de Janeiro ganhou, além de milhares de visitantes e turistas que se encantaram com a cidade, um novo ponto turístico de relevância. Quem viajou para a cidade para acompanhar os jogos viu de perto o novo empreendimento. No local onde funcionava o antigo Hotel Paineiras, erguido em 1880 e desativado há 30 anos no Parque Nacional da Tijuca, foi construído o Centro de Visitantes das Paineiras, que receberá turistas nacionais e internacionais que vão visitar o Cristo Redentor, um dos principais atrativos do País.

Para facilitar a vida dos turistas e visitantes, o espaço conta com uma nova bilheteria, sistema de senhas para diminuir filas, amplo estacionamento, transporte realizado por meio e vans oficiais, além de um restaurante panorâmico.

De acordo com o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo), Vinícius Lummertz, o Brasil agora oferece uma infraestrutura de receptivo moderna e adequada aos visitantes do Cristo Redentor, ícone internacional do turismo. “Nossa intenção é gerar uma melhor experiência de visitação ao Parque da Tijuca, reforçando o Rio de Janeiro e o nosso País como destinos turísticos. O monumento de braços abertos sobre o Morro do Corcovado é nossa principal imagem, reconhecida por qualquer pessoa no mundo”, completou.

Para que a notícia corra o mundo e atraia os olhos para o Brasil, o presidente da Embratur se comprometeu a incluir o empreendimento na divulgação dos produtos nacionais por meio dos 13 Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) espalhados no mundo. Atualmente, por meio de feiras, campanhas e ações de promoção no exterior, o Instituto se dedica a divulgar diversos destinos e produtos para que os visitantes estendam sua estadia na nação que tem muito a oferecer de turismo em termos de belezas naturais, esportes, gastronomia e cultura.

Facebook Comments

Share This