Mais de cinco mil reembolsos de impostos, apenas no sul da Califórnia, todos os anos são considerados “não reclamados”. O Internal Revenue Service (IRS) pode estar procurando por você para te alertar sobre “uma grana” que é sua, então neste caso, permita ser encontrado. Anualmente, após a temporada de impostos ou por volta do mês de junho, a Receita Federal americana anuncia que milhares de reembolsos não chegaram aos seus donos por um motivo ou outro.

Como exemplo, só em 2014, US$ 165 milhões não foram reclamados e a média por pessoa ficou na faixa de US$ 1.471. Já em Los Angeles, no mesmo ano, a média ficou um pouco acima, US$ 2.145. Por que isso acontece? Devido à negligência. Mais de cem mil contribuintes individuais foram negligentes e não informaram ao IRS (Receita Federal americana) algum fato importante, como por exemplo, uma mudança de endereço. O fato é que, muitos residentes da Califórnia (e no resto dos Estados Unidos) por motivos diversos têm dinheiro nas mãos do IRS.

Vá atrás do seu reembolso

Para correr atrás, existem duas maneiras. Entre no site www.irs.gov e clique em “Onde está meu reembolso?” (“Where’s My Refund?”) ou ligue para o número 1 (800) 829-1954. Em ambos os casos, você precisará do seu número de seguro social, dizer seu estado civil (solteiro, casado, etc) e se tiver uma ideia, a quantia de reembolso esperada.

É válido lembrar que o IRS não vai atrás dos contribuintes para reembolsá-los. Eles também não enviam e-mails, portanto não revele nenhuma informação privada nem anexe qualquer documento ou clique em links de qualquer suposto representante do IRS que entrar em contato contigo, pois se isso ocorrer, é falcatrua.

Facebook Comments

Share This