Por Laís Oliveira

A população latina tem crescido nos Estados Unidos. Em números, o maior grupo demográfico do país é o dos brancos com 256 milhões de pessoas e o segundo o dos latinos, com 57,7 milhões, cifra que inclui os que se identificam como tal, seja de qual raça forem. Mas a Califórnia é o estado com a maior comunidade latina do país, em sua maioria oriunda do México.

Em 2015, pesquisas demográficas anunciaram o que muitos já previam: os números de hispânicos vivendo na Califórnia haviam oficialmente superados o de brancos. O número de latinos vivendo no Estado Dourado correspondia a 14,99 milhões de habitantes enquanto 14,92 milhões era de brancos. Em 2016 (pesquisa mais atual sobre o tema), o total era de 15,3 milhões de hispanos residindo na Califórnia.

Uma pesquisa a respeito da economia desse grupo vivendo nos Estados Unidos, a “Latinos no Golden State: uma análise das tendências econômicas e demográficas”, revelou dados interessantes: um aumento na renda familiar média para os latinos do estado e uma diminuição da taxa de pobreza. As rendas médias para os latinos da Califórnia aumentaram mais de US $ 5.000 por ano, e o nível de pobreza caiu 2,4 pontos percentuais. E cada vez mais crianças latinas agora têm seguro de saúde: entre 2013 e 2014, a Califórnia “teve a maior diminuição no número de crianças latinas não seguradas”, de acordo com o estudo.

Os dados sobre os habitantes do estado da Califórnia se transformaram em um marco: a primeira vez em que a população latina superou a população branca desde que a Califórnia se tornou um estado em 1850.  Em 2060, pesquisadores do censo preveem que os latinos vão representar 48% da Califórnia, enquanto os brancos serão 30%o do estado; Asiáticos, 13%; E negros, 4%.

Milhares de Brasileiros tem escolhido a Califórnia para morar

Segundo dados não oficiais, especula-se que existam cerca de 80 mil brasileiros residindo no estado dourado, com a grande Los Angeles (incluindo Orange County) sendo o maior centro de concentração dos brasileiros (de 35 a 40 mil), a área da Baia de São Francisco em segundo lugar (20 a 25 mil) e a região de San Diego ficando em terceiro (8 a 12 mil).

Diariamente mais compatriotas chegam à Califórnia atraídos por Hollywood, pelo surf ou simplesmente pelo “California Dream”. Mas no estado e, em particular, nessas três regiões mencionadas, tem se tornado caro viver já que o custo de vida entre moradia e gastos com saúde e lazer quase que duplicaram nos últimos 12 anos (*2017).

Facebook Comments

Share This