campanhaSe você passou pelo saguão dos aeroportos Santos Dumont e Congonhas, em São Paulo, na sexta-feira (dia 25/11), provavelmente sentiu o incômodo de ver de perto a dor da violência contra a mulher. É que, paralelo à Black Friday no Brasil e Estados Unidos, foi lançada uma campanha impactante da Infraero que visa combater a violência contra a mulher.

Doze mulheres desfilam pelos aeroportos desde o dia 25 de novembro vestindo camisetas com a frase: Uma Mulher está Sofrendo Violência Agora. Elas passam por áreas públicas dos aeroportos e nas salas de embarque com uma faixa onde se lê: A cada dois minutos, cinco mulheres sofrem violência física no Brasil, simbolizando uma estatística alarmante, segundo dados da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

A ação, intitulada de “A Verdade Dói”, foi criada com o objetivo de marcar o dia 25/11, Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, e terá continuidade até o dia 30/11 nos 60 aeroportos da rede Infraero. Até mesmo quem estiver a bordo receberá uma mensagem de impacto. Na voz da tripulação da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, Gol e da Avianca Brasil, por exemplo, os passageiros ouvirão a seguinte mensagem: “Durante o tempo deste voo, dezenas de mulheres sofrerão violência no Brasil. Denuncie a violência contra as mulheres para mudarmos isso. Ligue 180 e saiba mais. A Infraero, uma empresa cidadã, apoia essa causa”.

A campanha também será realizada nas redes sociais da Infraero. “Somos uma empresa cidadã, com responsabilidade social. Os números são absurdos, é uma realidade que precisa ser repensada e combatida. Dentre as diretrizes de gestão, a Infraero está focada no combate à miséria humana, e a violência contra as mulheres é uma dessas misérias”, disse o presidente da Infraero, Antônio Claret de Oliveira.

Facebook Comments

Share This