Bob Burnquist

Residindo na Califórnia há vários anos, a lenda do skate e, atualmente, presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk), Bob Burnquist, anunciou na quarta-feira (11/04), ao lado de outro grande nome no esporte, Sandro Dias, a convocação da primeira seleção brasileira de skate da história.

A escolha dos nomes aconteceu através de um comitê técnico e 16 atletas foram lembrados ao todo, incluindo o brasiliense Felipe Gustavo e a paulista tricampeã dos X-Games, Leíticia Bufoni. “Vamos comemorar mais essa conquista do nosso skate brasileiro e seguir e torcer pelo projeto olímpico Tóquio 2020”, disse Sandro Dias no vídeo.

O campeonato possui dez etapas, cinco da modalidade street e cinco de park, nos naipes masculino e feminino. Ele será a principal competição nacional a somar pontos para o ranking da CBSk. Os três primeiros skatistas do ranking estarão automaticamente convocados. Além disso, um comitê técnico indicará o quarto atleta.

Letícia Bufoni

A modalidade tem passado por mudanças desde que Bob Burnquist assumiu a confederação em outubro de 2017. Depois que o skatista iniciou sua gestão, a CBSk foi reconhecida pelo Comitê Olímpico do Brasil como responsável pelo processo olímpico da modalidade. Os atletas convocados para a seleção brasileira terão ajuda financeira, recursos humanos, departamento médico, centros de treinamento, viagens e participações em eventos internacionais.

Skatista Brasileiros se Mudam de Vez para a Califórnia, a “Meca do Skate”

Amadores ou profissionais, vários skatistas brasileiros escolhem a Califórnia, a “Meca do Skate”, para chamar de lar. Bob Burnquist – já residente há mais de dez anos, Leticia Bufoni e Vinícius Tinoco são nomes famosos que residem há muitos anos no estado dourado e não se arrependem da escolha. Com o sucesso no esporte, muitos destes profissionais, como Burnquist e Bufoni, constroem rampas e pistas com obstáculos no quintal da própria casa para treinar e veem seus sonhos de infância e adolescência se transformar em realidade.

Vinícius Tinoco, de preto, dando aula a uma aluna na Califórnia

Já Tinoco foi além e, em 2010, o brasileiro criou uma fundação para ensinar skate a crianças da periferia da Califórnia e vê vidas que poderiam não ter um futuro promissor serem transformadas diariamente. Em 2010, surgiu em Anaheim, a Next up Foundation, organização sem fins lucrativos que dá aulas de skate para as crianças de várias idades.

A quadra da fundação é pública. Em 2017, eles conseguiram um prédio da prefeitura em frente à pista de skate para tentar arrebanhar ainda mais crianças para o movimento. Qualquer um que quiser pode chegar e usar o espaço. As condições são simples: ter aulas de inglês, matemática e computação duas vezes por semana com os monitores da Next Up Foundation. Felipe Gustavo, um dos principais nomes do street skate amador no mundo, também já passou pela fundação e seu suporte, assim como outros skatistas.

Facebook Comments

Share This