Por Laís Oliveira

Sócios Felipe Davila e Augusto Fontana

Sócios Felipe Davila e Augusto Fontana

Praticidade é a palavra que move o mundo nos dias de hoje. Seja para se locomover, comprar, vestir e até mesmo se alimentar. Mas quem disse que o sinônimo de praticidade é perda de qualidade de vida? Desde 2011 há no mercado americano uma opção de bebida saborosa, prática, altamente nutritiva, e que prima pela qualidade aliada ao sabor único em cinco irresistíveis opções de sucos.

É interessante mencionar que a Darklen que fabrica os sucos Juiceology foi fundada por três amigos brasileiros de São Paulo que resolveram investir no altamente competitivo mercado de sucos individuais, e praticamente, dominado pelas bilionárias companhias Coca-Cola (Odwalla) e Pepsi (Naked).

Segundo um dos fundadores da empresa, Felipe Davila, CEO da marca e residente de Los Angeles, a exigência de um produto final saudável começa em casa. “Somos uma empresa familiar e efetivamente a partir daí é onde desenvolvemos nossos produtos. Somos os primeiros a testar e consumimos nossos sucos todos os dias”, afirma Felipe. A empresa adota um conceito simples de acreditar em um produto que realmente tenha a aprovação plena da família e seus diretores. “Vendemos algo que servimos em nossa mesa” acrescenta o CEO.

Os sucos da Juiceology não tem adição de açúcar e segundo os seus diretores o diferencial é o mix de frutas com a fibra o que facilita a digestão. “Nosso suco oferece um sabor único, além dos 8 gramas de fibra por garrafa. Não posicionamos os nossos sucos como substituto de refeição, mas sim como um suco saudável e que pode ser consumido a qualquer momento”, diz Felipe Davila. A empresa prima pela qualidade aliada ao sabor único em cinco irresistíveis opções de sucos – Ameixa/Uva/Blackberry, Blueberry/Mirtilo/Açaí, Roman/Cranberry/Blueberry, Pessego/Manga e o “Green Elements” ou suco verde. Apresenta 8 gramas de fibra (32% do produto) por garrafa, fornece vitaminas e minerais essenciais, e é livre de glúten.

Segundo Felipe Davila, se estabelecer nos Estados Unidos e convencer os compradores de grandes cadeias de supermercados a abrir espaço para um produto novo não foi nada fácil, principalmente num mercado dominado por grandes nomes como Pepsi e Coca-Cola. Mas a aposta em um produto com grande diferencial, de sabor atraente e nutritivo, foi o grande incentivo para não desistir nas primeiras dificuldades comuns para uma nova empresa.

“O mercado americano é muito dinâmico e não tem espaço para produtos medianos. É importante ficar atento às modificações e evolução do mercado, fazer pesquisas com o consumidor americano e entender o que ele quer. O americano, diferentemente do brasileiro, é mais educado com relação a rótulos e tabelas nutricionais. Ele eventualmente vai descobrir se o produto passa uma imagem diferente do que realmente é”, revela o empreendedor.

Hoje a Juiceology já tem distribuição nacional, em mais de 40 estados norte-americanos, através do Wall-Mart e Kroger, e tem forte presença nos estados da Califórnia e Nova York. Com embalagens de design clean e atrativa, e focando no consumidor de classe media/alta dos EUA, a empresa dirigida por brasileiros jovens e empreendedores vem comprovando que veio para ficar, pois oferece um diferencial muito requisitado no mercado: produtos que auxiliem e melhorem a qualidade de vida do consumidor e promovem o bem-estar em opções saudáveis, deliciosas e nutritivas de alimentos.

Facebook Comments

Share This