Desde março de 2018, o Cartório Eleitoral do Exterior deixou de imprimir o título de eleitor – comumente conhecido no Brasil e pelos brasileiros que residem fora do país. Com isso, os eleitores agora podem utilizar o título eleitoral em versão digital (e-Título). O e-Título é o aplicativo que permite baixar a versão digital do documento de eleitor que dará lugar à versão de papel.

Com a nova atualização do sistema, qualquer título de eleitor, mesmo aquele que não foi atualizado com o recadastramento, poderá ser baixado pelo aplicativo e-Título da Justiça Eleitoral. Os títulos que foram impressos até o dia 28 de fevereiro de 2018 continuam válidos e poderão ser entregues aos eleitores até o fim das eleições de 2018. Após as eleições, no entanto, os títulos não retirados serão devolvidos ao Cartório Eleitoral do Exterior.

No aspecto sustentável, o e-Título surge como alternativa à emissão de títulos eleitorais em papel e trará ainda economia perceptível na redução dos custos da Justiça Eleitoral, como a emissão de segundas vias dos títulos extraviados, suprimentos de impressora, entre outros. Para o eleitor, o benefício virá na facilidade de ter os seus dados eleitorais sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor.

O eleitor que fez o recadastramento no Consulado-Geral em Miami deverá aguardar aproximadamente um mês desde a data em que assinou o recadastramento para consultar a versão digital do título de eleitor.

Como funciona o E-título

Para acessar o documento digital, o eleitor deverá baixar no seu celular o aplicativo e-Título, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, e que já está disponível no Google Play e na App Store. Após digitar os dados solicitados, a versão digital do título será validada e liberada. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado no celular.

O eleitor que optar por não baixar a versão digital do título eleitoral poderá acessar a página do TSE para verificar número, zona e seção de votação. No dia da votação, lembre de ter em mãos o número do seu título de eleitor, sua seção eleitoral e um documento brasileiro com foto. As eleições ocorrem em outubro.

Facebook Comments

Share This