Por Laís Oliveira

Atleta Thúlio Wanderlei

Muito forte aqui nos Estados Unidos, o fisiculturismo vem se popularizando no Brasil com rapidez. Um dos maiores representantes do Brasil na modalidade vem de Alagoas. Destaque no cenário nacional, Thúlio Wanderlei, tem no currículo vitórias em campeonatos tradicionais como o Mr. Olympia Muscle Fitness, nos EUA, e o “Rei da Praia” no Brasil.

Também brasileira, a personal trainner Luana Elliot, que vive em Los Angeles e já participou de vários eventos tanto no Brasil quanto nos EUA, dá a dica para os que pretendem entrar nessa área: para começar, seria interessante aprender pelo menos o mínimo sobre categorias de competição, federações etc. E acrescenta “é indispensável o envolvimento no fisiculturismo e a consciência de que a pessoa vai precisar manter uma dieta por longos períodos, ajustar horários à rotina alimentar e perceber que cada categoria tem uma condição corporal”.

O objetivo do fisiculturista é induzir o crescimento muscular em massa e manter sua gordura corporal a um mínimo. Para alcançar esta meta, estes atletas geralmente fazem uma combinação de treinamento de peso, dieta adequada, suplementos alimentares e exercícios aeróbicos (fisiculturismo natural). Alguns utilizam certas drogas além da rotina mencionada (fisiculturismo hormonizado).

A popularidade do fisiculturismo tem crescido tão rápido que a modalidade, inclusive, foi aceita para estar na próxima edição dos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, no Peru, valendo medalhas – a inclusão foi definida durante reunião da ODEPA (Organização Desportiva Pan-Americana) em Doha, no Catar. Também conhecido como culturismo, ele premia o atleta que melhor molda seu corpo. Juízes avaliam volume, simetria, proporção e definição dos músculos.

A IFBB – Federação Internacional de Fisiculturismo & Fitness – é a associação internacional que regulariza e organiza os principais eventos de fisiculturismo ao redor do mundo, além de ser responsável por fiscalizar e representar os competidores de fisiculturismo. Confira abaixo alguns dos mais importantes eventos desta modalidade que acontecem anualmente nos EUA e no Brasil.

Estados Unidos

Mr. Olympia

Maior e principal competição de bodybuilding do planeta. Existe desde 1965 e acontece, há vinte anos, em Las Vegas, no mês de setembro. Em 52 anos de competição, os EUA dominam com supremacia em termos de vencedores, com 32 vitoriosos. O evento também possui uma grande feira com competições e apresentações de diversos esportes e exposição das principais marcas relacionadas ao fisiculturismo e fitness do mundo.

Arnold Classic

Maior feira fitness do mundo que inclui competições e famosos, incluindo a presença anual do astro do esporte, Arnold Schwarzenegger. A edição principal da Arnold Classic é realizada em Columbus, Ohio, mas existem também edições um pouco menores – mas igualmente importantes.

Musclemania

Existe desde 1992 e se tornou a competição de musculação natural mais popular da América. A maioria das federações sérias se baseia nas regras da WADA (Agência Mundial Anti Doping), que lança todo ano um guia das substâncias banidas, e realiza atualizações sobre doping. Todo atleta que queira ser natural deve acompanhar essas mudanças e analisar seus suplementos antes de ingerir, para não ser banido do fisiculturismo natural ou competitivo.

No Brasil

Estreantes IFBB/SP

Acontece em São Paulo desde 2010, no mês de março. Foi criado para que atletas novos e/ou amadores possam competir e ganhar exposição. No entanto, não é qualquer um que pode participar dele. São dois os casos em que os participantes são rejeitados: se já ficou no top 3 em algum outro campeonato para iniciantes ou se ele já participou do campeonato paulista de fisiculturismo.

Campeonato Brasileiro

Atleta e Personal Trainner Luana Elliot. Foto: Nga Azarian

Mais antigo evento do ramo no país. Geralmente acontece em julho e terá sua 49ª edição em 2018. O campeonato conta com mais de 50 categorias distribuídas entre mais de 500 participantes de todo o Brasil.

Arnold Classic Brazil

Maior evento da América Latina na modalidade. Acontece desde 2011 no Rio, no mês de abril. Conta com uma superestrutura que abriga a maior feira de nutrição do país, além de competições entre mais de 40 modalidades. Lembrando que o Brasil abriga o primeiro espaço paradesportivo do Arnold Classic no mundo. Paratletas de várias modalidades participam do evento e mostram as adaptações e equipamentos necessários para garantir a inclusão de pessoas com necessidades especiais no meio esportivo.

Para conferir a lista completa de eventos m 2018 e nos EUA, clique aqui.

Facebook Comments

Share This